Voltando para frente

“Voltamos caminhando para frente”. Um grande poeta no século 20 disse isso. Nada mais verdadeiro.

Se temos o livre arbítrio, se tomamos decisões todos os dias e se nos arrependemos verdadeiramente de algumas delas, o sentimento de querer voltar e corrigir é algo forte e genuíno. É um sentimento que pode muitas vezes criar dilemas e angústias. Dúvidas. Pode gerar sofrimento na alma e na consciência.

Por que seguir em frente se queremos corrigir o passado? E como ir para frente voltando para trás?

Estamos sempre no presente. O futuro é o próximo segundo à frente. Mas pensar é atemporal. Você pode pensar sobre o passado, presente e o futuro.

Mas o pensar, o ato em si, só acontece no presente, assim como transformar nossos pensamentos em ações no mundo.

Então no plano atemporal da mente, temos a capacidade de re-significar o passado dentro de nós, isto é, aceitar as coisas como elas foram, cria um novo entendimento. Um novo significado onde a partir deste, possamos produzir no presente e no futuro, novas ações. Alterar o passado dentro de nós para um presente melhor.

Re-significar o passado pode ser transformar sentimentos negativos que nos habitam e nos aprisionam (na mente e no ser), por sentimentos e pensamentos de aceitação e gratidão, que podem nos levar a novos caminhos e atitudes.

Ao mudar internamente de ressentimentos, mágoas, e culpa, você pode mudar o seu presente.

Assim podemos voltar para irmos melhor à frente e exercer nosso poder de escolha.  

Aceitando os fatos que não podem ser mais alterados, você estará assumindo a responsabilidade desta decisão, que é interna. Que fiz respeito a você e a como você interage com seu mundo interno.

Mas aqui e agora, com a sua consciência ampliada e sabedoria sobre tudo que aconteceu, você pode, caso seja possível, tomar novas decisões, que produzam novos efeitos e que talvez transformem os erros do passado, mesmo que apenas internamente, mesmo que apenas para você.

As maiores prisões são as internas. Liberte-se, assim você também estará voltando para ir para frente.

Como disse o grande filósofo Friedrich Nietzsche: Quem tem um “pôrque’ enfrenta qualquer “como“.

O poder das escolhas está aqui e agora, depende apenas de você.

 

EcoTomorrow

Compartilhar

Post anterior Posts Novos